O que é tendência na Venda de Hospedagem

Novas tendências surgem todos os dias, mas entender se elas funcionam para o seu modelo de negócio é um diferencial muito importante. O painel “O que é tendência na venda de hospedagem”, que finaliza a programação do Encatho & Exprotel de 2017, aborda justamente como colocar em prática algumas das novidades que surgiram no mercado hoteleiro.

O Revenue Management foi o primeiro assunto discutido, a palestrante Waléria Fenato, da Mark Up Consultoria, deu dicas sobre como aprimorar o serviço de RM para aumentar o número de vendas online. “Geralmente quando eu encontro os profissionais envolvidos neste setor eles sabem tudo de receitas, mas não sabem nada de custos. E hoje com o volume que temos é necessário que ele conheça todos os gastos que o hotel tem. Para assim, considerar também a margem de contribuição das tarefas, como A&B ou espaço para eventos, e não simplesmente diminuir muito o preço da tarifa para simplesmente encher os quartos e não pensar no custo-benefício”, explicou a palestrante.

Edgar Oliveira, diretor editorial da Revista Hotéis, abordou o papel da imprensa especializada na imagem e comercialização do meio de hospedagem. O palestrante reiterou a importância da seriedade da mídia especializada em hotelaria pois ele representa o setor e os hotéis que anunciam nele. “As mídias sociais são importantes porque as pessoas estão cada vez mais conectadas, elas são a fonte de atualização da população atualmente, por isso a mídia que quer trilhar um segmento tem que seguir também o caminho das mídias sociais”, ressaltou Edgar.

A Hsystem trouxe Diego Corrêa para falar sobre a fórmula de três passos para o sucesso das vendas online. Os passos apresentados foram: Atração – onde as pessoas veem o hotel, no site, nas redes sociais, e-mail marketing, entre outras plataformas que criam o relacionamento com o cliente. Conversão – a maior dica para este passo é se preocupar com a questão visual dos sites, das fotos e vídeos, para criar uma experiência com o hotel antes do cliente chegar ao estabelecimento.  E por fim a Retensão – que nada mais é do que a fidelização do cliente antigo, pois segundo o palestrante, é sempre mais barato manter o contato do que começar todo o processo novamente.

Por fim, Remy Gorga Neto, presidente da cooperativa Sol & Mar abordou as linhas de atuação dos hotéis cooperativos e agências de viagem. “A tendência que era ontem hoje já não é mais a mesma e amanhã também não vai mais ser.  Assim como as vezes algumas coisas que nós pensamos que não são possíveis acabam acontecendo, pois as mudanças estão acontecendo em uma linha exponencial. Isso aconteceu também com o compartilhamento de ativos, de veículos e ambientes, que hoje é um ramo importante da economia”, concluiu o palestrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *