Ciclo de palestras Sebrae movimenta o Encatho - Encatho & Exprotel 2021

Palestras focadas no desenvolvimento dos meios de hospedagem

O Sebrae preparou um ciclo de palestras para os participantes do Encatho. O tema “Rede de cooperação para o fortalecimento dos meios de hospedagem” foi abordado por Mario Martins de Paula, que garantiu ser esta uma “oportunidade de divulgar o associativismo, pois para a hotelaria a gente fala da força de se juntar e deixar de trabalhar sozinho para ter ganhos. Hoje em dia a gente precisa diminuir os custos, porque a receita está muito difícil de diminuir. A ideia da apresentação é descobrir como os meios de hospedagem fazem para conseguir reduzir o custo de operação, tudo isso, claro, trabalhando juntos”.

Ciclo de palestras Sebrae movimenta o Encatho

Ana Clévia Guerreiro tratou sobre “A relevância dos meios de hospedagem nos destinos turísticos”. A intenção maior da palestra foi explicar que os hoteleiros devem atentar para a hospedagem, garantir que o hóspede leve uma boa imagem não só do local em que ele se hospedou, mas do destino que ele foi. “Meu objetivo foi sensibilizar os hoteleiros e os donos dos meios de hospedagem para que entendam o peso que a hospedagem tem na construção de uma imagem positiva, ou não, de um destino turístico. Se você fica bem hospedado, pode levar uma imagem maravilhosa daquele destino. O hotel não é o único que influencia, mas ele tem um grande peso na formação da opinião sobre o destino”.

Ciclo de palestras Sebrae movimenta o Encatho

A profissional explicou que são as pequenas coisas que podem gerar uma grande diferença. “As coisas podem ser feitas de acordo com o preço da diária. Ambientação, um bom travesseiro, chuveiro, café da manhã compatível, enfim, entregar dentro do padrão que se posicionou e gerar uma experiência positiva. Isso não tem ver com porte, mas com processo de gestão, como se posiciona no mercado e como cria o ambiente no seu empreendimento”.

            Já Santiago Edo falou sobre “Presença digital para o aumento da competitividade dos meios de hospedagem”. Ele explicou a importância de fazer a gestão da reputação de um hotel como forma de aquisição de novos hóspedes, para melhora a qualidade dos serviços “e de prestar atenção no feedback que o hóspede está colocando tanto nas OTA’s como em canais de busca como google, tripadvisor e facebook e usar esse feedback a favor do próprio negócio”, complementa. Santiago é fundador da Reviewr, startup de Florianópolis e comentou que já monitora a capital e que quer ampliar este monitoramento juntamente com o Sebrae, a princípio, para 19 municípios catarinenses. “Além dos dados atrativos, pegar dados da gastronomia, hospitalidade, infraestrutura e comércio e gerar uma nota para o município do ponto de vista turístico, como já fizemos em Lages. A ideia é no futuro ampliar isso para a maioria dos municípios do Estado que têm potencial turístico”.

Ciclo de palestras Sebrae movimenta o Encatho

Leave a comment